EDIÇÕES DO CLUBE DE ASSINATURA – 2023

EM JANEIRO NO NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

“Roda dos Sabores e Aromas do Café”

Descrição Sensorial

Existem muitas dúvidas quando se diz que um café é frutado, ou tem sabores específicos como morango, tangerina, chocolate, caramelo, etc… Subentende-se que o café sofreu alguma modificação utilizando outras frutas ou foi adicionado um sabor artificial. Mas o que de fato acontece?

O termo “frutado” foi definido na década de 80, no estudo apresentado na Roda dos Sabores, um gráfico mundialmente utilizado pelos provadores de café para identificar e mapear os sabores que são característicos de cada região, variedade, processo e torra.

Esse estudo tem como base nossa percepção multissensorial e implica, principalmente, em nossas experiências cotidianas. Exemplo: é provável que você nunca tenha comido terra, mas quase todos sabemos o gosto da terra devido a sua experiência cotidiana. Normalmente o sabor de terra está atrelado em nosso cérebro à chuva, pois é quando sentimos o cheiro de terra molhada. Isso nos faz entender o “sabor” da terra, pois mais de 80% da sensibilidade de paladar está atrelada ao olfato.

Essa experiência multissensorial foi estudada a fundo de forma técnica, sendo possível ter uma gama de sabores em uma única xícara de café. Então, como treinamento, a dica é ter experiência com consciência em todo tipo de situação, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, isso ampliará sua biblioteca de sabores e facilitará suas descobertas a cada xícara.
De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café pode chegar a mais de 900 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos.

Neste mês, avaliamos, com nosso time de provadores e baristas, 3 cafés distintos para você buscar essas sensações.
Como mimo, você receberá uma Roda de Sabores para emoldurar e colocar em seu cantinho do café! Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores!

Saiba mais sobre a Roda de Sabores!

Então, como treinamento, a dica é focar conscientemente em todo tipo de situação cotidiana, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, assim seu leque sensorial vai se ampliar e facilitará as suas descobertas a cada xícara.

De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café varia de 900 a 1000 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos. Essa comprovação nos mostra o mundo de sabores que uma xícara pode trazer!

Avaliamos os cafés deste mês com nosso time de provadores e baristas para destacar as notas mais perceptíveis para você treinar seu paladar.

Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores, compartilhe conosco!

Exclusivo 01

Fazenda: Fazenda Engenho
Produtor: Maria Célia Chaib de Sousa Bernardes
Altitude: 1250m
Variedade: Catuai Amarelo
Processo de Secagem: Cereja Descascado
Torra: Média clara
Perfil Sensorial: Notas de avelã, baunilha, açúcar mascavo e mel. Acidez equilibrada, corpo aveludado e retrogosto agradável.

Exclusivo 02

Fazenda: Fazenda Dois Irmãos
Produtor: Allan Júnior de Oliveira Vilas Boas
Altitude: 1350 m
Variedade: Bourbon Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Clara
Perfil Sensorial: Notas de caramelo, cana de açúcar, pêssego e limão siciliano. Acidez cítrica, corpo cremoso, retrogosto prolongado.

Exclusivo 03

Fazenda: Baixadão
Produtor: Sebastião Afonso da Silva
Altitude: 1300m
Variedade: Catuai Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média clara
Perfil Sensorial: Café frutado, com notas de frutas vermelhas, como amora e frutas negras como ameixa. Acidez cítrica, corpo sedoso, retrogosto adocicado de chocolate ao leite.

Confira todas experiências: 2024 | 2023 | 2022 | 2021.

EM FEVEREIRO NO NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

“Cafeicultores de Montanha”

Direct trade

“Cafeicultores de Montanha” é uma edição trimestral que destaca o trabalho de produtores especializados em cafés especiais e garimpados exclusivamente para nossos assinantes.

A produção de cafés por si só já é árdua. Quando falamos em cafés de alta qualidade o desafio é ainda maior. Para muitos produtores essa é a única escolha, principalmente na cafeicultura de montanha, onde o manejo é complexo e os custos são bem maiores, a única opção é a qualidade para agregar valor e viabilizar o negócio.

Para alcançar os melhores resultados o produtor tem que fazer a rastreabilidade dos lotes, dominar todo o processo e buscar um alto padrão. É necessário um mapeamento da propriedade e área plantada, variedade, altitude, colheita seletiva (cafés maduros), lavagem dos frutos, processos e controles de secagem, entre outros.

O produtor ainda é refém de variáveis climáticas para produzir, colher e secar o café e com isso o desafio torna-se ainda mais complexo e pode sofrer variações safra a safra.
Esperamos que aprecie esses microlotes garimpados exclusivamente para os nossos assinantes.

Então, como treinamento, a dica é focar conscientemente em todo tipo de situação cotidiana, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, assim seu leque sensorial vai se ampliar e facilitará as suas descobertas a cada xícara.

De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café varia de 900 a 1000 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos. Essa comprovação nos mostra o mundo de sabores que uma xícara pode trazer!

Avaliamos os cafés deste mês com nosso time de provadores e baristas para destacar as notas mais perceptíveis para você treinar seu paladar.

Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores, compartilhe conosco!

Exclusivo 01

Sítio Boa Vista

Produtor: Luiz Paulo Dias Pereira Filho
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.100 – 1.200 m
Variedade: Bourbon Vermelho
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média clara
Perfil Sensorial: Notas de tangerina, mel, cana de açúcar e caramelo, corpo sedoso, acidez cítrica e finalização adocicada.

Exclusivo 02

Fazenda IP

Produtor: Luiz Paulo Dias Pereira Pai
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 950m – 1.200m
Variedade: Bourbon Amarelo
Processo de Secagem: Cereja Descascado
Torra: Média
Perfil Sensorial: Notas de caramelo e chocolate ao leite, corpo cremoso, acidez cítrica delicada e finalização de avelã.

Exclusivo 03

Fazenda Santa Ines

Produtor: Francisco Isidro Pereira
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 900m – 1.050m
Variedade: Acaiá
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média clara
Perfil Sensorial: Notas de cereja, amora, uva e mirtilo, corpo aveludado, acidez cítrica e finalização de trufa de frutas vermelhas.

Confira todas experiências: 2024 | 2023 | 2022 | 2021.

EM MARÇO NO NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

“Lembranças de um Cafezeiro”

Diário de Degustação

Café bom é aquele que você prova e gosta. Já pensou em como poderia avaliar seu café? Por exemplo, ao tomar um suco de laranja, todos percebem a doçura.

Talvez aroma e acidez não sejam levados em conta, assim como corpo e retrogosto passam despercebidos. Alguns atributos no café são percebidos por qualquer pessoa, mas existem outros que são mais técnicos e complexos.

Este tipo de avaliação está presente em nosso dia a dia. Todos os alimentos possuem estes atributos sensoriais.
Por isso te presenteamos com este diário “Lembranças de um Cafezeiro”. Sabendo-se que o café é um hábito, acreditamos que rapidamente você evoluirá seu paladar com essa simples ferramenta.

Você poderá eternizar não apenas suas receitas, mas seus momentos cafezeiros.

Para saber mais, confira o vídeo em nosso canal no Youtube!

Então, como treinamento, a dica é focar conscientemente em todo tipo de situação cotidiana, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, assim seu leque sensorial vai se ampliar e facilitará as suas descobertas a cada xícara.

De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café varia de 900 a 1000 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos. Essa comprovação nos mostra o mundo de sabores que uma xícara pode trazer!

Avaliamos os cafés deste mês com nosso time de provadores e baristas para destacar as notas mais perceptíveis para você treinar seu paladar.

Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores, compartilhe conosco!

Exclusivo 01

Produtor: Francisco Isidro Dias Pereira
Propriedade: Fazenda Sertão
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.100 – 1.400m
Variedade: Bourbon Vermelho
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média
Pontuação: 86
Perfil Sensorial: Notas de chocolate, blueberry e amora, acidez cítrica, corpo cremoso, finalização doce e intensa de chocolate.

Exclusivo 02

Produtor: João Batista de Castro
Propriedade: Sítio Minas Fruta
Cidade: Pedralva – MG
Altitude: 1.035m
Variedade: Catuaí
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média Clara
Pontuação: 85
Perfil Sensorial: Notas de laranja madura e chá preto, boa acidez, encorpado e com finalização prolongada.

Exclusivo 03

Produtor: Rinaldo de Castro Junqueira
Propriedade: Fazenda Furnas
Cidade: Pedralva – MG
Altitude: 945 -1.350 m
Variedade: Bourbon Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média
Pontuação: 87
Perfil Sensorial: Notas de mel, rapadura e chocolate, acidez vibrante, corpo cremoso e finalização doce.

Confira todas experiências: 2024 | 2023 | 2022 | 2021.

EM ABRIL NO NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

“Harmonização de café especial com chocolate”

Especial de Páscoa

A harmonização de café especial com chocolate é um tema que desperta interesse, especialmente nesta época de Páscoa. Para entender melhor como aproveitar essa combinação, é importante considerar a qualidade dos ingredientes e a influência do cacau no resultado final do chocolate.
Combinações clássicas, como café espresso com chocolate amargo, são sempre boas opções, mas é interessante experimentar diferentes tipos de cafés e chocolates para encontrar o que mais agrada ao paladar.

Na hora da harmonização, é possível combinar diferentes tipos de café com diferentes percentuais de cacau no chocolate. Cafés frutados harmonizam bem com chocolates com notas de frutas vermelhas, enquanto cafés com notas de caramelo podem combinar bem com chocolates ao leite. É possível até mesmo harmonizar chocolate branco com café! Nesse caso, o ideal é que o café possua notas de caramelo ou nozes, para harmonizar bem com o sabor adocicado e cremoso do chocolate branco.

No Clube deste mês, você tem cafés pensados para a harmonização com chocolates. Experimente comprar barrinhas de chocolates distintos, como citamos acima, e experimentar com o café do clube, descobrindo quais notas de café mais combinam com cada chocolate em seu paladar.

Então, como treinamento, a dica é focar conscientemente em todo tipo de situação cotidiana, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, assim seu leque sensorial vai se ampliar e facilitará as suas descobertas a cada xícara.

De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café varia de 900 a 1000 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos. Essa comprovação nos mostra o mundo de sabores que uma xícara pode trazer!

Avaliamos os cafés deste mês com nosso time de provadores e baristas para destacar as notas mais perceptíveis para você treinar seu paladar.

Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores, compartilhe conosco!

Exclusivo 01

Produtor: Paulo Roberto da Silva
Propriedade: Sítio Divisa
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.000 – 1.100m
Variedade: Bourbon Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Clara
Pontuação: 87,5
Perfil Sensorial: Notas de framboesa, morango silvestre e berries, corpo aveludado, acidez cítrica e retrogosto doce frutado.

Exclusivo 02

Produtor: Francisco Isidro Pereira
Propriedade: Fazenda Santa Inês
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 900 – 1.050m
Variedade: Bourbon Vermelho
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média Clara
Pontuação: 86
Perfil Sensorial: Notas de mel, frutas amarelas e chá cidreira, corpo cremoso, acidez cítrica e retrogosto de caramelo.

Exclusivo 03

Produtor: Luiz Paulo Dias Pereira
Propriedade: Fazenda IP
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 950 – 1.200m
Variedade: Acaiá
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média escura
Pontuação: 85
Perfil Sensorial: Notas de mel, caramelo, avelã e damasco, corpo cremoso, acidez cítrica delicada e retrogosto doce.

Confira todas experiências: 2024 | 2023 | 2022 | 2021.

EM MAIO NO NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

“Cafeicultores de Montanha”

Direct trade

“Cafeicultores de Montanha” é uma edição trimestral que destaca o trabalho de produtores especializados em cafés especiais e garimpados exclusivamente para nossos assinantes.

A produção de cafés por si só já é árdua. Quando falamos em cafés de alta qualidade o desafio é ainda maior. Para muitos produtores essa é a única escolha, principalmente na cafeicultura de montanha, onde o manejo é complexo e os custos são bem maiores, a única opção é a qualidade para agregar valor e viabilizar o negócio.

Para alcançar os melhores resultados o produtor tem que fazer a rastreabilidade dos lotes, dominar todo o processo e buscar um alto padrão. É necessário um mapeamento da propriedade e área plantada, variedade, altitude, colheita seletiva (cafés maduros), lavagem dos frutos, processos e controles de secagem, entre outros.

O produtor ainda é refém de variáveis climáticas para produzir, colher e secar o café e com isso o desafio torna-se ainda mais complexo e pode sofrer variações safra a safra.
Esperamos que aprecie esses microlotes garimpados exclusivamente para os nossos assinantes.

Então, como treinamento, a dica é focar conscientemente em todo tipo de situação cotidiana, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, assim seu leque sensorial vai se ampliar e facilitará as suas descobertas a cada xícara.

De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café varia de 900 a 1000 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos. Essa comprovação nos mostra o mundo de sabores que uma xícara pode trazer!

Avaliamos os cafés deste mês com nosso time de provadores e baristas para destacar as notas mais perceptíveis para você treinar seu paladar.

Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores, compartilhe conosco!

Exclusivo 01

Produtor: Renato José Fontinato
Cidade: Campanha – MG
Propriedade: Fazenda Vale da Lua
Altitude: 1.350m
Variedade: Mundo Novo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Clara
Perfil Sensorial: Notas de mel e frutas amarelas, corpo delicado, acidez cítrica e retrogosto prazeroso.
Pontuação: 87

RECEITAS DOS BARISTAS

Exclusivo 01

Método de Preparo: v60
Quantidade: 13g
Quantidade de água: 160g
Tempo de Extração: 2:15
Tempo de Pré-Infusão: 40seg
Moagem: 5
Preparo: Coloque 60g na pré-infusão em 2 ataques de 50g de água.
Resultado: Acidez cítrica
Lembra notas de: Mel e frutas amarelas.

Saiba Mais

Exclusivo 02

Produtor: Francisco Isidro Dias Pereira
Cidade: Carmo de Minas
Fazenda: Fazenda Sertão
Altitude: 1.200m
Variedade: Catuaí Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média Clara
Perfil Sensorial: Notas de cana-de-açúcar e laranja, corpo sedoso, acidez cítrica e finalização de caramelo tostado.
Pontuação: 86

RECEITAS DOS BARISTAS

Exclusivo 02

Método de Preparo: v60
Quantidade: 15g
Quantidade de água: 170g
Tempo de Extração: 2:20
Tempo de Pré-Infusão: 45seg
Moagem: 5
Preparo: Coloque 50g na pré-infusão em 2 ataques de 60g de água.
Resultado: Corpo sedoso, acidez cítrica
Lembra notas de: Caramelo tostado e laranja.

Saiba Mais

Exclusivo 03

Produtor: Sebastião Afonso da Silva
Cidade: Cristina – MG
Propriedade: Fazenda Baixadão
Altitude: 1.300m
Variedade: Bourbon vermelho
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média
Perfil Sensorial: Notas de bala de caramelo e baunilha, corpo amanteigado/cremoso, acidez cítrica, retrogosto doce com notas de chocolate ao leite.
Pontuação: 85

RECEITAS DOS BARISTAS

Exclusivo 03

Método de Preparo: v60
Quantidade: 15g
Quantidade de água: 170g
Tempo de Extração: 2:20
Tempo de Pré-Infusão: 40seg
Moagem: 5
Preparo: Coloque 60g na pré-infusão em 2 ataques de 50g de água.
Resultado: Corpo cremoso, acidez cítrica.
Lembra notas de: Chocolate ao leite.

Saiba Mais

Confira todas experiências: 2024 | 2023 | 2022 | 2021.

EM JUNHO NO NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

“Arraiá Cafezeiro”

Ocêis precisa sabê que o nosso clubi de assinatura tá festêro esse mês, sô! Além de cafézão, tem presentin pra miora mais ainda sua experiência nessa temática.
E falando di temática, esse mês nóis vai homenageá a festa junina com o “Arraiá Cafezeiro”. Agora vamo dexá o dialeto minerês de lado pra te contar a sobre cada café!

O café número 1 traz a harmonização perfeita com o brinde que você recebeu, o Doce de Leite com Amendoim Zero%! O docinho já é zero adição de açúcar, assim como sugerimos você consumir o café, claro. Primeiro, experimente o café puro, perceba a doçura e a cremosidade. Em seguida, prove o doce e beba novamente o café, perceba como a cremosidade continua, mas vem junto uma acidez cítrica e notas de castanha. Legal como a harmonização influencia no café, não é mesmo?

Já o café número 2 foi pensado para você virar um barista! Sim, o desafio é fazer um quentão com café, receita inédita em nosso canal e que combina demais com nosso arraiá! Siga a receita disponibilizada em nosso site para aproveitar, escolhemos um perfil de café que combina 100% com esse drink!

Por último, o café número 3 tem uma proposta super diferente e que, provavelmente, você nunca testou! Olha o desafio: no seu café coado, depois de colocar o café no porta filtro, adicione uma pitada de canela em pó sobre o café e prossiga com a água quente, fazendo o preparo como de costume. Ah, lembre-se, não jogue canela em pó na máquina de espresso, hein!? A bebida resultante é aromática, com destaque pra canela e nuances de ameixa-preta. Esse café faz um casal perfeito com a canela pra ciranda do nosso arraiá!

Daqui pra frente, é com você! Crie e aproveite o que seu paladar quiser! Misturar o café com canela no drink do quentão? É verdadeeee! Harmonizar o quentão com o doce de leite com amendoim? É verdadeeeee! Vai perder essa experiência de arraiá cafezeiro? É mentiraaaa!

Então, como treinamento, a dica é focar conscientemente em todo tipo de situação cotidiana, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, assim seu leque sensorial vai se ampliar e facilitará as suas descobertas a cada xícara.

De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café varia de 900 a 1000 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos. Essa comprovação nos mostra o mundo de sabores que uma xícara pode trazer!

Avaliamos os cafés deste mês com nosso time de provadores e baristas para destacar as notas mais perceptíveis para você treinar seu paladar.

Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores, compartilhe conosco!

Exclusivo 01

Produtor: Francisco Carlos Oliveira
Propriedade: Sítio São Luiz
Cidade: Cristina – MG
Altitude: 1.250m
Variedade: Catuaí Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Clara
Perfil Sensorial: Notas de caramelo, cremoso, baixa acidez e finalização de chocolate amargo.
Pontuação: 88

Exclusivo 01

O café número 1 traz a harmonização! Primeiro, experimente o café puro, perceba a doçura e a cremosidade.

Em seguida, prove o doce e beba novamente o café, perceba como a cremosidade continua, mas vem junto uma acidez cítrica e notas de castanha.

Legal como a harmonização influencia no café, não é mesmo?

Exclusivo 02

Produtor: Antonio F. Bustamante
Propriedade: Fazenda Paraíso
Cidade: Pedralva – MG
Altitude: 1.350m
Variedade: Catuaí Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média Clara
Perfil Sensorial: Notas de mel e frutas amarelas, destaque para ponkan, corpo sedoso, acidez cítrica e retrogosto doce.
Pontuação: 87

Exclusivo 02

O café número 2 foi pensado para você virar um barista!

Sim, o desafio é fazer um quentão com café, receita inédita em nosso canal e que combina demais com nosso arraiá!

Exclusivo 03

Produtor: Flávio Germano
Propriedade: Fazenda Estância das Colinas
Cidade: Cristina – MG
Altitude: 1.280m
Variedade: Catucaí Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média
Perfil Sensorial: Faça a experiência com a canela. Resultado: bebida aromática, destacando especiarias, em especial canela, sabor intenso com notas de chocolate, canela, nuances de ameixa preta, retrogosto refrescante.
Pontuação: 87

Exclusivo 03

O café número 3 tem uma proposta super diferente e que, provavelmente, você nunca testou!

Olha o desafio: no seu café coado, depois de colocar o café no porta filtro, adicione uma pitada de canela em pó sobre o café e prossiga com a água quente, fazendo o preparo como de costume.

Ah, lembre-se, não jogue canela em pó na máquina de espresso, hein!? A bebida resultante é aromática, com destaque pra canela e nuances de ameixa-preta.

Esse café faz um casal perfeito com a canela pra ciranda do nosso arraiá!

Exclusivo 01

O café número 1 traz a harmonização! Primeiro, experimente o café puro, perceba a doçura e a cremosidade.

Em seguida, prove o doce e beba novamente o café, perceba como a cremosidade continua, mas vem junto uma acidez cítrica e notas de castanha.

Legal como a harmonização influencia no café, não é mesmo?

Exclusivo 02

O café número 2 foi pensado para você virar um barista!

Sim, o desafio é fazer um quentão com café, receita inédita em nosso canal e que combina demais com nosso arraiá!

Exclusivo 03

O café número 3 tem uma proposta super diferente e que, provavelmente, você nunca testou!

Olha o desafio: no seu café coado, depois de colocar o café no porta filtro, adicione uma pitada de canela em pó sobre o café e prossiga com a água quente, fazendo o preparo como de costume.

Ah, lembre-se, não jogue canela em pó na máquina de espresso, hein!? A bebida resultante é aromática, com destaque pra canela e nuances de ameixa-preta.

Esse café faz um casal perfeito com a canela pra ciranda do nosso arraiá!

Confira todas experiências: 2024 | 2023 | 2022 | 2021.

EM JULHO NO NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

Que tal transformar a experiência de adicionar água ao café em um desafio divertido? Surpreendentemente, essa prática não é tão errada quanto muitos pensam. Na verdade, quando compreendida e planejada corretamente, pode aprimorar o sabor, reduzir o amargor e até permitir a preparação de uma quantidade maior de café do que o método convencional permite!

Em vez de sentir culpa, encare o “Desafio do Bypass” como uma oportunidade de explorar novas nuances aromáticas e gustativas. Ao adicionar água ao café já preparado, você pode ajustar a intensidade do sabor de acordo com suas preferências, criando uma bebida personalizada que atenda aos seus desejos.

No entanto, é importante compreender as proporções adequadas e a técnica correta para obter resultados satisfatórios. A quantidade de água adicionada e a temperatura desempenham papéis cruciais nesse processo. Por isso, reserve um tempo para estudar e experimentar diferentes combinações até encontrar a proporção ideal que corresponda ao seu paladar. Ao adicionar água, é possível estender a quantidade disponível sem comprometer excessivamente o sabor.

Então, abrace o Desafio do Bypass e transforme esse ato em uma experiência criativa e deliciosa. Desvende os segredos dessa técnica e desfrute de uma xícara de café perfeitamente adaptada aos seus gostos e necessidades.

Aproveite esse desafio com nossos três cafés exclusivos do mês e experimente a emoção de jogar água no café.

Preparamos um vídeo para te ensinar tudo sobre essa técnica!!

Então, como treinamento, a dica é focar conscientemente em todo tipo de situação cotidiana, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, assim seu leque sensorial vai se ampliar e facilitará as suas descobertas a cada xícara.

De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café varia de 900 a 1000 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos. Essa comprovação nos mostra o mundo de sabores que uma xícara pode trazer!

Avaliamos os cafés deste mês com nosso time de provadores e baristas para destacar as notas mais perceptíveis para você treinar seu paladar.

Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores, compartilhe conosco!

Exclusivo 01

Produtor: José Ronaldo Junqueira Dias
Propriedade: Fazenda Engenho
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.100m
Variedade: Icatu
Processo de Secagem: Natural Fermentado
Torra: Clara
Pontuação: 87
Perfil Sensorial: Notas de cereja, calda de frutas vermelhas, nibs e mel. Acidez cítrica de laranja e retrogosto doce prolongado.

Exclusivo 02

Produtor: Luiz Paulo Dias Pereira
Propriedade: Sítio Senhor Niquinho
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.100 – 1.230m
Variedade: Bourbon Vermelho
Processo de Secagem: Natural
Torra: Clara
Pontuação: 85
Perfil Sensorial: Vinhoso com notas de cacau e chá-preto, acidez de fruta cítrica e corpo licoroso.

Exclusivo 03

Produtor: Rinaldo de Castro Junqueira
Propriedade: Fazenda Furnas
Cidade: Pedralva – MG
Altitude: 945 – 1.350m
Variedade: Bourbon Amarelo
Processo de Secagem: Cereja Descascado
Torra: Média
Pontuação: 84
Perfil Sensorial: Notas de caramelo tostado, chocolate 70% e doce de figo em calda. Corpo cremoso, acidez cítrica delicada, com leve twist de limão siciliano.

Confira todas experiências: 2024 | 2023 | 2022 | 2021.

EM AGOSTO NO NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

“Cafeicultores de Montanha”

“Cafeicultores de Montanha” é uma edição trimestral que destaca o trabalho de produtores especializados em cafés especiais e garimpados exclusivamente para nossos assinantes.

A produção de cafés por si só já é árdua. Quando falamos em cafés de alta qualidade o desafio é ainda maior. Para muitos produtores essa é a única escolha, principalmente na cafeicultura de montanha, onde o manejo é complexo e os custos são bem maiores, a única opção é a qualidade para agregar valor e viabilizar o negócio.

Para alcançar os melhores resultados o produtor tem que fazer a rastreabilidade dos lotes, dominar todo o processo e buscar um alto padrão. É necessário um mapeamento da propriedade e área plantada, variedade, altitude, colheita seletiva (cafés maduros), lavagem dos frutos, processos e controles de secagem, entre outros.

O produtor ainda é refém de variáveis climáticas para produzir, colher e secar o café e com isso o desafio torna-se ainda mais complexo e pode sofrer variações safra a safra.

Esperamos que aprecie esses microlotes garimpados exclusivamente para os nossos assinantes.

Então, como treinamento, a dica é focar conscientemente em todo tipo de situação cotidiana, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, assim seu leque sensorial vai se ampliar e facilitará as suas descobertas a cada xícara.

De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café varia de 900 a 1000 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos. Essa comprovação nos mostra o mundo de sabores que uma xícara pode trazer!

Avaliamos os cafés deste mês com nosso time de provadores e baristas para destacar as notas mais perceptíveis para você treinar seu paladar.

Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores, compartilhe conosco!

Exclusivo 01

Produtor: Paulo Roberto da Silva
Propriedade: Sítio Divisa
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.100m
Variedade: Yellow Bourbon
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média Clara
Pontuação: 86
Perfil Sensorial: Notas de damasco, mel e uva verde, acidez presente, corpo licoroso, retrogosto doce.

Exclusivo 02

Produtor: Maria Célia Chaib de Sousa Bernardes
Propriedade: Fazenda Engenho
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.250m
Variedade: Catucaí
Processo de Secagem: Cereja Descascado
Torra: Média
Pontuação: 85
Perfil Sensorial: Café frutado com notas de graviola e mel, acidez cítrica bem presente e corpo cremoso.

Exclusivo 03

Produtor: Rinaldo de Castro Junqueira
Propriedade: Fazenda Furnas
Cidade: Pedralva – MG
Altitude: 945 – 1.350m
Variedade: Red Catuaí
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média
Pontuação: 85
Perfil Sensorial: Notas de caramelo, coco queimado, chá preto e especiarias, acidez delicada.

Confira todas experiências: 2024 | 2023 | 2022 | 2021.

EM SETEMBRO NO NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

“Descubra os segredos do fruto do Café”

Você está prestes a conhecer ainda mais de perto sobre esse fruto que tanto amamos. Nosso clube não é apenas sobre degustar, mas também sobre compreender e apreciar a história por trás de cada xícara.

Para compartilhar essa paixão, incluímos uma semente de café para que você possa cultivar seu próprio exemplar em casa! Confira algumas curiosidades e também dicas para cuidar do seu pé de café.

CURIOSIDADES

Diversidade: O café é originário das regiões montanhosas da Etiópia, onde cresce como um arbusto de frutos chamados “cerejas do café”. Hoje, ele é cultivado em diversos países ao redor do mundo, cada um imprimindo suas características únicas nos grãos.

O Fruto: Cada “cereja do café” contém uma semente (moca) ou duas sementes (mais comum) que são transformadas, através do processo da torra, nos grãos de café que você recebe.

Variedades: Assim como o vinho, os cafés especiais apresentam uma ampla gama de aromas e sabores, influenciados por fatores como o terroir, a altitude e o método de processamento. Mas cada variedade de café, assim como acontece com outras frutas, tem suas influências de sabores e, principalmente, no desafio do cultivo na fazenda. Temos uma playlist sobre isso em nosso canal.

COMO CULTIVAR A SEMENTE

Escolha um local adequado: Opte por um local com boa iluminação, protegido de ventos fortes.

Preparando o solo: Escolha um lugar que tenha nutrientes, bem drenado. Uma mistura de terra, areia e matéria orgânica funciona bem.

Plantio: Plante a semente a uma profundidade de cerca de 2cm no solo e regue delicadamente.
Cuidados regulares: Mantenha o solo úmido, não encharcado. A planta precisará de luz indireta e temperaturas moderadas.

Assista ao crescimento: A medida que sua planta cresce, você estará testemunhando um presente maravilhoso que não apenas proporciona uma conexão tangível com o mundo do café, mas também inspira um novo entendimento dessa bebida maravilhosa. Cultivar sua própria planta de café é um lembrete constante das histórias e esforços por trás de cada xícara que você desfruta.

Aprecie a jornada! Ah, e fique a vontade para compartilhar conosco o crescimento do seu café nas redes sociais e nos marcar!

Então, como treinamento, a dica é focar conscientemente em todo tipo de situação cotidiana, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, assim seu leque sensorial vai se ampliar e facilitará as suas descobertas a cada xícara.

De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café varia de 900 a 1000 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos. Essa comprovação nos mostra o mundo de sabores que uma xícara pode trazer!

Avaliamos os cafés deste mês com nosso time de provadores e baristas para destacar as notas mais perceptíveis para você treinar seu paladar.

Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores, compartilhe conosco!

Exclusivo 01

Produtor: Gláucio Carneiro Pinto
Propriedade: Fazenda Coqueiro
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.230m
Variedade: Acaiá
Processo de Secagem: Natural
Torra: Clara
Pontuação: 87
Perfil Sensorial: Café herbal com notas de capim-limão e frutas amarelas,
corpo cremoso e acidez cítrica.

Exclusivo 02

Produtor: Otaviano Ribeiro Ceglia
Propriedade: Fazenda Granja São Francisco
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.200m
Variedade: Mundo Novo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média Clara
Pontuação: 88
Perfil Sensorial: Notas de frutas vermelhas, destaque para morango e framboesa,
corpo cremoso, acidez cítrica e retrogosto doce.

Exclusivo 03

Produtor: Renato José Fantinato e Paulo Roberto da Silva
Propriedade: Fazenda Vale da Lua e Sítio Divisa
Cidade: Campanha e Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.350m e 1.100m
Variedade: Mundo Novo e Bourbon Amarelo
Processo de Secagem: Natural (ambos)
Torra: Média
Pontuação: 86
Perfil Sensorial: Notas de caramelo, cacau e frutas vermelhas (destaque para framboesa).
Acidez cítrica, corpo licoroso e retrogosto prazeroso.

Confira todas experiências: 2024 | 2023 | 2022 | 2021.

EM OUTUBRO NO NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

“Será que a torra é importante para o café?”

Especial mestre de torra

No que a torra do café influencia? Podemos obter sabores diferentes no mesmo café apenas alterando a torra? O clube de assinatura de outubro traz cafés idênticos, mas distintos. Quer saber como? Vamos lá. O processo de torrefação é totalmente artesanal e exclusivo para cada café. A doçura e a acidez, por exemplo, são algumas das várias características que conseguimos destacar através da torra.

No entanto, os detalhes não se limitam apenas às características sensoriais; eles também estão presentes nas notas do café. Notas de frutadas, carameladas e achocolatadas pode ser destacadas através da torra, manipulando o tempo, a temperatura e, é claro, devemos considerar também a experiência do torrador.

Na Unique, hoje temos o João Vitor, um talento da casa, possui uma vasta experiência como mestre torrador, desenvolvendo perfis sensoriais e padrões para nossa linha de clássicos, edições e, é claro, para todos os cafés maravilhosos que proporcionamos a vocês no clube a cada mês.

No clube de outubro, vamos trabalhar com o café da variedade Bourbon Amarelo de processo natural, proveniente da Fazenda Furnas, na cidade de Pedralva, sob os cuidados do produtor Rinaldo de Castro Junqueira. O número um apresenta uma torra clara que traz destaque a acidez, acidez viva com nuance de uva verde.

O número dois, também com uma torra clara, porem com processo diferente de torra, onde traz uma acidez prazerosa, cítrica de laranja madura. Já o número três, com uma torra média, que traz acidez em menor evidência, destacando sensorial doce de mel.

Então, como treinamento, a dica é focar conscientemente em todo tipo de situação cotidiana, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, assim seu leque sensorial vai se ampliar e facilitará as suas descobertas a cada xícara.

De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café varia de 900 a 1000 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos. Essa comprovação nos mostra o mundo de sabores que uma xícara pode trazer!

Avaliamos os cafés deste mês com nosso time de provadores e baristas para destacar as notas mais perceptíveis para você treinar seu paladar.

Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores, compartilhe conosco!

Exclusivo 01

Produtor: Rinaldo de Castro Junqueira
Propriedade: Furnas
Cidade: Pedralva – MG
Altitude: 1.300m
Variedade: Bourbon Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Clara
Pontuação: 86
Perfil Sensorial: Torra clara que destaca a acidez, acidez viva. Com nuance de uva verde.

Exclusivo 02

Produtor: Rinaldo de Castro Junqueira
Propriedade: Furnas
Cidade: Pedralva – MG
Altitude: 1.300m
Variedade: Bourbon Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Clara
Pontuação: 86
Perfil Sensorial: Torra clara, com diferenças no processo (Temperatura e tempo) que destaca acidez prazerosa, e traz notas cítrica de laranja madura.

Exclusivo 03

Produtor: Rinaldo de Castro Junqueira
Propriedade: Furnas
Cidade: Pedralva – MG
Altitude: 1.300m
Variedade: Bourbon Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média
Pontuação: 86
Perfil Sensorial: Torra média que traz a acidez em menor evidência, e destaca sensorial doce de mel.

Confira todas experiências: 2024 | 2023 | 2022 | 2021.

EM novembro NO NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

“Cafeicultores de Montanha”

“Cafeicultores de Montanha” é uma edição trimestral que destaca o trabalho de produtores especializados em cafés especiais e garimpados exclusivamente para nossos assinantes.

A produção de cafés por si só já é árdua. Quando falamos em cafés de alta qualidade o desafio é ainda maior. Para muitos produtores essa é a única escolha, principalmente na cafeicultura de montanha, onde o manejo é complexo e os custos são bem maiores, a única opção é a qualidade para agregar valor e viabilizar o negócio.

Para alcançar os melhores resultados o produtor tem que fazer a rastreabilidade dos lotes, dominar todo o processo e buscar um alto padrão. É necessário um mapeamento da propriedade e área plantada, variedade, altitude, colheita seletiva (cafés maduros), lavagem dos frutos, processos e controles de secagem, entre outros.

O produtor ainda é refém de variáveis climáticas para produzir, colher e secar o café e com isso o desafio torna-se ainda mais complexo e pode sofrer variações safra a safra.

Esperamos que aprecie esses microlotes garimpados exclusivamente para os nossos assinantes.

Então, como treinamento, a dica é focar conscientemente em todo tipo de situação cotidiana, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, assim seu leque sensorial vai se ampliar e facilitará as suas descobertas a cada xícara.

De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café varia de 900 a 1000 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos. Essa comprovação nos mostra o mundo de sabores que uma xícara pode trazer!

Avaliamos os cafés deste mês com nosso time de provadores e baristas para destacar as notas mais perceptíveis para você treinar seu paladar.

Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores, compartilhe conosco!

Exclusivo 01

Produtor: Rinaldo de Castro Junqueira
Propriedade: Furnas
Cidade: Pedralva – MG
Altitude: 1.300m
Variedade: Bourbon Vermelho
Processo de Secagem: Natural Fermentado
Torra: Clara
Pontuação: 87
Perfil Sensorial: Notas de geleia de frutas vermelhas (morango, cereja e amora), corpo
cremoso, acidez tartárica de uva verde, retrogosto doce frutado.

Exclusivo 02

Produtor: Gláucio Carneiro Pinto
Propriedade: Fazenda Coqueiro
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.230m
Variedade: Catuai Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média clara
Pontuação: 86
Perfil Sensorial: Notas de laranja madura e rapadura, corpo cremoso, acidez cítrica,
retrogosto longo e doce de bala de caramelo.

Exclusivo 03

Produtor: José Wagner Ribeiro Junqueira
Propriedade: Fazenda Serra das Três Barras
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.280m
Variedade: Bourbon Amarelo
Processo de Secagem: Cereja Descascado
Torra: Média
Pontuação: 85
Perfil Sensorial: Notas de chocolate e castanhas, corpo amanteigado, acidez delicada, retrogosto longo e persistente de chá preto.

Confira todas experiências: 2024 | 2023 | 2022 | 2021.

EM DEZEMBRO NO NOSSO CLUBE DE ASSINATURA

“Celebração de um Ano Sensacional”

Boas Festas

Neste mês, encerramos mais um ciclo extraordinário no nosso Clube de Assinatura. Compartilhamos em 2023:

  • 12 experiências diferentes;
  • 36 cafés exclusivos;
  • 7.880kg de café;
  • 20.737 pacotes;
  • 88.739 xícaras!

Com isso, valorizamos os cafeicultores de montanha, exploramos diversas combinações de sabores, aprendemos sobre processos, torra, análise sensorial e até mesmo sobre seu cultivo, através das sementes de café.

Agradecemos imensamente a você por acreditar em nosso trabalho que envolve muitas mãos. Em 2024 teremos muitas novidades e melhorias, trazendo mais benefícios em nosso Clube e com um nível ainda mais alto de qualidade em cafés (pode criar expectativas).

Selecionamos, para encerrar o ano com xícara de ouro, alguns dos cafés que mais se destacaram na mesa de prova durante 2023, deixando aquele retrogosto de que 2024 será incrível! A sua assinatura faz parte da nossa jornada, e foi um prazer compartilhar este ano com você. Boas festas!

Então, como treinamento, a dica é focar conscientemente em todo tipo de situação cotidiana, principalmente as gastronômicas. Memorize as sensações e sabores, assim seu leque sensorial vai se ampliar e facilitará as suas descobertas a cada xícara.

De acordo com os estudos científicos, a complexidade de um café varia de 900 a 1000 compostos voláteis, enquanto um vinho, por exemplo, pode chegar de 600 a 800 compostos. Essa comprovação nos mostra o mundo de sabores que uma xícara pode trazer!

Avaliamos os cafés deste mês com nosso time de provadores e baristas para destacar as notas mais perceptíveis para você treinar seu paladar.

Divirta-se nessa viagem de experiências e sabores, compartilhe conosco!

Exclusivo 01

Produtor: Luzimar da Silva Paiva
Propriedade: Fazenda Cachoeirinha
Cidade: Cristina – MG
Altitude: 1.400m
Variedade: Catuaí 2SL
Processo de Secagem: Natural
Torra: Clara
Pontuação: 86
Perfil Sensorial: Notas de ponkan e laranja vermelha, corpo licoroso, acidez média cítrica, retrogosto longo e doce.

Exclusivo 02

Produtor: Rinaldo de Castro Junqueira
Propriedade: Furnas
Cidade: Pedralva – MG
Altitude: 1.300m
Variedade: Bourbon Amarelo
Processo de Secagem: Natural
Torra: Média Clara
Pontuação: 85
Perfil Sensorial: Notas de mel, caramelo e castanha, corpo cremoso e acidez cítrica presente de frutas amarelas.

Exclusivo 03

Produtor: Clóvis Mello
Propriedade: Terra de São Francisco
Cidade: Carmo de Minas – MG
Altitude: 1.200 – 1.450m
Variedade: Catucaí Amarelo
Processo de Secagem: Natural Fermentado
Torra: Média
Pontuação: 88
Perfil Sensorial: Notas de licor de amêndoas, cana-de-açúcar, capim-limão, laranja cristalizada, acidez cítrica, corpo cremoso, finalização de chocolate e calda de pudim.

Confira todas experiências: 2024 | 2023 | 2022 | 2021.

Conversar
Oi, precisa de uma mãozinha?

×