Frete grátis para compras acima de R$169 para sudeste e R$299 para todo o Brasil!

O que é Blend de café?

Já ouviu falar de blend de café? Então, fica "blendiboa" que você vai desvendar esse mistério do mercado de cafés especiais.

Já ouviu falar de blend de café? Sabe de fato o que significa e como pode ser produzido? Então, fica “blendiboa” que você vai desvendar esse mistério do mercado de cafés especiais.

O nome pode até parecer complicado e gerar muita confusão para alguns cafezeiros. Mas não se preocupe, até o final você entenderá tudinho. Os blends de café têm sido muito apreciados atualmente e conquistado o paladar de inúmeros coffeelovers que entendem como acontece o processo.

Chegou a hora de você descobrir o mistério por trás dessa palavrinha que encanta alguns e gera desconfiança em outros. Descubra o conceito, como é feito o blend de cafés, quais os tipos e possibilidades de harmonizações e muito mais. Até revelamos um segredo, mas para descobrir você precisará ler até o final!

O que é blend?

será que é algo ruim?

Antes de mais nada, o significado da palavra blend é unir, fundir, harmonizar ou misturar. Antigamente, o conceito de blend no mercado de cafés especiais era muito mal interpretado, era conhecida como uma “blendagem do mal“. Afinal, entendia-se que blend não era uma mistura boa. Além disso, era visto como alguma coisa que estava sendo misturada ao café para trazer algum sabor diferente ou maquiar impurezas. Essa foi a mensagem entendida pelo consumidor por muito tempo. Porém, será que isso é real?

Alguns relatos apontam que certos blends de cafés tradicionais ou extrafortes do mercado são compostos por outras matérias-primas que não são café, outros grãos que iam se perdendo e apareciam no pacote de café do consumidor, por exemplo: soja, milho, etc… Nesse sentido, o café recebia o milho na composição do blend, talvez a intensão era obter um café “milhorado“, né!? Só que não!

Essa prática é utilizada pelas indústrias que focam no volume de café, não na qualidade. Não é à toa que existe uma diferença no preço do café tradicional em relação ao café especial. No café tradicional e extraforte, esses blends “do mal” são feitos para fazer render. Como no final tudo será carbonizado, em uma torra muito escura, não dá pra diferenciar se existiam impurezas por ali. Entenda melhor essa diferença clicando aqui.

Então, será que blend é uma mistura ruim? Claro que não! Pode tirar esse pré-conceito da cabeça e entender que blend também é uma mistura boa, assim como você é um blend do seu pai e da sua mãe (ba dum tsss…). Portanto, entenda que, quando se trata de cafés especiais, o blend é a mistura planejada de diferentes tipos e variedades de grãos com o objetivo de obter uma bebida equilibrada e de boa qualidade!

Tipos de blends do café

quando for beber, feche os olhos e sinta

A intensão de fazer um blend é unir as melhores características de cada café, a fim de proporcionar uma experiência exclusiva. Então, se só um café classificado como especial já possui tanta qualidade, imagine a junção deles. Agora, conheça os tipos de blends do café:

• Blend de varidades: a mistura de Bourbon Amarelo e Bourbon Vermelho, por exemplo.

• Blend de processos: combinação de um café que secou de forma natural e outro que secou descascado.

• Blend de notas sensoriais: conhecido como o blend mais comum no mercado. Identifica-se um café com alta doçura e muito corpo, só que ele não tem nenhuma acidez. Então, você escolhe um outro café de alta acidez e acrescenta. Saiba mais sobre notas sensoriais!

• Blend com café cru: essas misturas podem ser feitas de várias formas, mas é muito comum utilizarmos o café cru. É feita uma proporção em pequena escala e analisa o resultado sensorial daquela determinada mistura, só assim é produzido em larga escala.

• Blend de pós torrado: na primeira torra notou-se que o café é muito encorpado e doce; já a outra torra obteve um café mais cítrico e menos encorpado. Ótimo! Misturá-los pode ser uma boa ideia.

• Blend de café pronto: quem disse que você, barista ou cafezeiro de casa, não pode fazer seu próprio blend? Pode sim, tá? Inclusive, utilizando o café que você já tem aí.

Vantagens do blend de café

vai encarar, cafezeiro?

Agora, pare de pensar que blend de café é algo negativo e comece a imaginar na experiência extraordinária que você pode viver em provar sabores diferentes juntos. Você não faz ideia do quanto pode ser prazeroso. Então, veja duas vantagens indiscutíveis em apreciar um blend de qualidade:

1. Você pode encontrar seu match perfeito!

Devido à variedade de formas de elaborar um blend de café, você terá a oportunidade de encontrar a junção perfeita para você. Afinal, é possível blendar cafés de diferentes regiões, diferentes espécies, pré ou pós-colheita ou de variedades distintas, procurando equilibrar os sabores e características específicas.

Imagina só a explosão de sabores e na história presente em unir cafés de alta qualidade e depois extrair uma bebida em um método de preparo que ressalta ainda mais as notas sensoriais dos cafés? Poucos cafezeiros são corajosos o suficiente.

2. Blends de café não são resto

Não se preocupe! Verdadeiros blends de café não são feitos para diminuir custos de produção. São grãos de qualidade especial, selecionados e unidos para proporcionar novas experiências sensoriais agradáveis ao seu paladar.

Como já citamos anteriormente, algumas pessoas têm uma visão muito errada sobre esse tipo de café. Porém, o objetivo em criar um blend de café é intensificar atributos naturais já existentes em cada café afim de promover experiências prazerosas.

Como é feito o Blend do café Unique?

revelamos o segredo

Conhecido como FAVORITO de alguns cafezeiros por aí, nosso café Blend tem características bem marcantes, com aroma intenso e sabor doce, torra cor chocolate ao leite e notas de caramelo. Porém, como será que chegamos nesse resultado? Primeiramente, ele é um blend de processos de dois perfis, veja:

• Perfil 1: um café 100% natural da região da Mantiqueira, com características de corpo elevado e extremamente adocicado, com notas de frutas vermelhas. Este é o nosso Frutado.

• Perfil 2: café cereja descascado, com acidez alta e amargor reduzido, com notas de frutas amarelas. Perceba que ele não tem tanto corpo, nem tanta doçura. Este é o nosso Bourbon Amarelo.

A partir daí, fizemos um percentual da mistura com o café ainda cru antes de torra-lo. Pegamos 60% do Perfil 1 (mais doce) e misturamos com 40% do Perfil 2 (mais cítrico). Então, buscamos um tipo de torra bem específica para igualar a cor desses dois cafés.

O segredo por trás dessas características extraordinárias que o Blend te proporciona está exatamente no processo de torra. Caso você não saiba como a torra influencia o sabor do café, clique aqui!

Por fim, quando você ouvir falar sobre blend de café novamente, lembre-se de tudo o que você acabou de ler. Procure entender qual é a composição da mistura, por exemplo: quais são os cafés que estão presentes ali, de quais regiões ele pertence, quais são as características mais fortes que ele apresenta, quais processos foram aplicados, etc…

Será que Blend só existe no café?

depende, pra cafezeiro tudo é café

Assim como o universo dos cafés especiais está repleto de blens fantásticos, você pode encontrar outras harmonizações como, por exemplo, o blend de vinhos feito com variedades de uvas diferentes; blend de chás que utiliza variedades de especiarias e ervas para compor a bebida; blend de carne, muito utilizada em hamburguerias para produção de hambúrgueres artesanais e outros produtos.

Concluindo, o blend é isso: buscar harmonizações ou criar receitas com o mesmo produto. Porém, esse processo é feito de forma personalizada, com intuito de proporcionar sensações BLENDIFERENTES. Que tal preparar uma xícara de café utilizando seu Blend favorito agora mesmo? Se o estoque acabou, deixa que a gente repõe pra você:

Blend

Ideal para quem busca o equilíbrio perfeito. Um blend do Unique Frutado com o Bourbon Amarelo, um café natural com um cereja descascado. De aroma intenso e sabor doce (notas de caramelo), com torra cor chocolate ao leite.

Gabriel Guimarães

Iniciou no universo dos cafés ao conhecer Hélcio Júnior, diretor da Unique Cafés, que o convidou para se tornar barista ao perceber a facilidade em comunição e paixão, ao ser atendido por ele em um bar onde o mesmo atuava como bartender.

Curso Cafezeiro Grátis

Aprenda tudo sobre cafés neste curso exclusivo!

Compartilhe com os amigos cafezeiros!

MAIS CONTEÚDO

Café amargo: saiba como evitar

Café amargo: saiba como evitar

INTRODUÇÃO Será que a estratégia para evitar o amargor do café é só adicionar açúcar na xícara? Antes de mais nada, é ideal que você entenda essa afirmação: o café especial pode ter notas de amargor naturalmente, porém, na dose certa. Essa característica, assim como a...

Como cafés especiais são pontuados?

Como cafés especiais são pontuados?

INTRODUÇÃO Você sabe como cafés especiais são pontuados? Primeiramente, não é adivinhação, simpatia pelo café, amizade com o produtor nem o número do bingo do último sábado. Em outras palavras, o assunto é complexo e interessante, então decidimos te explicar um pouco...

O que é café Arábica e Robusta?

O que é café Arábica e Robusta?

INTRODUÇÃO Que negócio é esse de café "100% Arábica"? Será que se eu tomar esse café a vida inteira chego a aprender árabe por osmose? Afinal, o que é café Robusta? O que comem, onde vivem? A gente lê isso em várias embalagens de café e até achamos legal, mas na...

QUER MAIS?

Todo cafezeiro quer sempre aprender mais! Então fizemos muito conteúdo para você aproveitar! É só pesquisar abaixo:

1 Comentário

  1. Boa tarde. Ótima explicação, sobre todas as fases desta classificação dos cafés e seus processos. Gostaria de receber está matéria sobre Blend de café.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0
    0
    Carrinho
    Carrinho vazioRetornar à loja
    Conversar
    Oi, precisa de uma mãozinha?

    ×