Cafeína: qual método de preparo tem mais? - Unique Cafés

Cafeína: qual método de preparo tem mais?

Você tem ideia de qual método é o campeão da cafeína? Será que é o café espresso ou coado? Prensa francesa ou cafeteira italiana? Descubra!

INTRODUÇÃO

Você sabe qual método de preparo tem mais cafeína? Será que o café espresso tem mais cafeína que o coado? Essas perguntas serão respondidas agora para sanar suas dúvidas e, quem sabe, te ajudar a resolver problemas em relação ao seu consumo de cafeína. Aproveite!

 

 

Entenda a variação da cafeína

como a preparação do café pode influenciar a quantidade de cafeína

Antes de mais nada, após estudos aprofundados sobre a cafeína, extrações e métodos de preparo, chegamos à conclusão de que podem acontecer variações na quantidade de cafeína em uma bebida preparada. Em outras palavras, a cafeína varia dependendo da espécie do café, da moagem que foi aplicada, do perfil de torra (mais escura ou mais clara), da proporção (quantidade dos ingredientes usada no preparo do café) e do método de preparo utilizado (como melitta, prensa francesa, máquina de espresso, cafeteira italiana, etc…).

Esses dados podem influenciar o percentual em miligramas de cafeína que será extraído em sua xícara. Portanto, fizemos uma média baseado em alguns testes simples e que podem te ajudar a entender melhor como funciona essa variação.

Para facilitar a memorização de qual método de preparo tem mais cafeína, traduzimos um gráfico que indica o nível de cafeína de cada método de preparo em miligramas por litro. Veja:

Gráfico completo 1
 

 

01 – Café espresso

café espresso tem muita ou pouca cafeína?

O canto direito do gráfico mostra a variação da cafeína em miligramas por litro, portanto, você já deve ter percebido quem é o campeão nessa história: o café espresso.

Em primeiro lugar, nota-se que o café espresso tem mais cafeína que os demais, ultrapassando a marca dos 4000 miligramas de cafeína por litro e quebrando o paradigma de algumas pessoas que acreditavam que o café espresso teria menos cafeína em sua extração.

Você também era do time que acreditava que o espresso tinha menos cafeína? Não se esqueça que a quantidade de cafeína por litro indicada neste gráfico pode variar por detalhes que indicamos acima (variedade do café, torra e moagem), porém, é verdade que o campeão em cafeína é o café espresso nesse ranking. Afinal, a extração de cafeína é mais alta sob pressão.

Saiba tudo sobre café espresso em outro artigo aqui mesmo, em nosso blog!

Duas xícaras de café espresso servidas

 

 

 

 

02 – Cafeteira Italiana

agora você sabe quanta cafeína está presente em seu dia a dia

Em segundo lugar no ranking da cafeína, observamos a extração feita na Cafeteira Italiana, com 2000 miligramas de cafeína por litro. Interessante por ser um método bastante comum na rotina dos cafezeiros. Caso você ainda não conheça o método, temos um artigo que ensina como utilizar a cafeteira italiana e também como fazer café espresso nela.

E aí, a cafeteira italiana é seu método de preparo favorito? Usa muito no dia a dia? Tinha ideia da quantidade aproximada de cafeína que estava consumindo? Conta pra gente nos comentários depois!

Servindo extração feita na cafeteira italiana
 

 

 

 

03 – Cold Brew (café gelado)

será que extração feita a frio tem menos cafeína?

Em terceiro lugar, brigando com a cafeteira italiana, temos o cold brew, um método de extração feita a frio. Também com 2000 miligramas de cafeína por litro de café, o método de preparo cold brew passa por um período de infusão de 12 horas antes de ser filtrado e, assim como o café espresso, muitos acreditavam que este método teria menos cafeína por associar a extração de cafeína com a temperatura da água.

No entanto, entenda que a cafeína é hidrossolúvel, ou seja, é extraída onde tem água. Certamente, quando a água está fria ou em temperatura ambiente, a solubilidade é um pouco menor, porém, devido ao longo tempo de infusão do cold brew, o método acaba extraindo uma carga maior de cafeína.

Além disso, também precisamos lembrar que consideramos neste gráfico a receita caseira de cold brew. As bebidas industrializadas podem conter outra quantidade de cafeína devido à forma em que são preparadas.

Jarra transparente recebendo extração de cold brew
 

 

 

 

04 – Prensa Francesa

como será a cafeína desta queridinha?

Agora, em quarto lugar, a Prensa Francesa (ou French Press) é capaz de extrair aproximadamente 1000 miligramas de cafeína por litro.

Normalmente, no preparo de café na Prensa Francesa é aplicada uma moagem mais grossa e precisa de um tempo médio de 3 a 4 minutos de pré-infusão, só depois é servida a bebida. Nesse sentido, a moagem é um ponto determinante para extração da cafeína e, combinada ao tempo de infusão, descobrimos por análise laboratorial que não havia tanta extração de cafeína assim.

Prensa francesa sob a mesa

 

 

 

 

05 – Café coado

como assim, o café coado tem menos cafeína?

Por fim, em quinto lugar e para surpresa de muitos, o café coado, comparado aos outros métodos de preparo que citamos anteriormente, é o método que menos extrai cafeína.

Lembre-se que estamos falando de café de alta qualidade, moagem padronizada e todas as variáveis tecnicamente controladas. Além disso, o teste foi realizado utilizando cafés da espécie Arábica (a mais consumida). Já a espécie Canephora tem, naturalmente, mais cafeína por porção.

Filtrando café coado em método V60
 

 

 

 

Me enganaram: espresso ou coado, qual deles tem mais cafeína?

a verdade sobre a cafeína do café espresso e coado

Finalmente, depois de analisar esse TOP 5 da cafeína, você deve estar confuso, principalmente se você acreditava que o café espresso teria menos cafeína em relação ao café coado. Será que você foi enganado pelos baristas?

Bom, diante de toda essa história, precisamos te dizer que o barista que te disse jurou que o espresso tinha mais cafeína não estava totalmente errado. Afinal, ninguém chega em uma cafeteria e pede 1 litro de café espresso, ou seja, ele é servido em doses menores. Por exemplo:

Uma dose de café espresso, no padrão mundial (30ml), tem aproximadamente 50 a 75 miligramas de cafeína por dose. No entanto, o café coado é servido nas cafeterias em uma dose de 200ml por xícara, o que possui, aproximadamente, 130 a 185 miligramas de cafeína por dose. Veja no gráfico abaixo:

comparação 03-1

Sendo assim, se olharmos na perspectiva da rotina na cafeteria, as doses servidas de café coado tem mais cafeína que o café espresso. É claro que também precisamos considerar que a dose de café espresso é menor que a de café coado, então depende de quantas doses estão sendo consumidas.

Concluindo, se você pedir um espresso e um coado nas quantidades comumente servidos nas cafeterias, consumirá mais cafeína pelo coado, devido sua maior quantidade. Se pedir exatamente a mesma quantidade de ambos, consumirá mais cafeína no espresso, devido sua concentração.

Caso você esteja buscando essas informações a nível de dieta ou cuidados com a saúde, precisa se lembrar que encontramos cafeína em outros alimentos que você consome diariamente, como, por exemplo, chás, chocolate, energéticos, etc…

Nesse sentido, encontramos um site que calcula, de acordo com a bebida que você gosta e seu peso, quanto de cafeína você pode consumir de forma saudável. Além disso, o site aponta qual é o máximo de cafeína que você aguentaria consumir até morrer. Assustou?

Inclusive, fizemos um teste com nosso assistente, o Mãozinha. Baseado em seus dois quilos, o site acusou que se ele tomar 59 xícaras de cappuccino, ele morre. Isso é questão de saúde pública, tem cafezeiro que não tem limites. Compartilhe esse artigo com os amigos que são fascinados em cafeína!

Onde encontrar cafés de qualidade?

Idealizado por Gabriel Guimarães

Gabriel Guimarães

Iniciou no universo dos cafés ao conhecer Hélcio Júnior, diretor da Unique Cafés, que o convidou para se tornar barista ao perceber a facilidade em comunição e paixão, ao ser atendido por ele em um bar onde o mesmo atuava como bartender.

Cursos & Treinamentos

Curso Cafezeiro Grátis

Aprenda tudo sobre cafés neste curso exclusivo!

Compartilhe com os amigos cafezeiros!

MAIS CONTEÚDO

Gaste Menos Café com a Técnica Osmotic

Gaste Menos Café com a Técnica Osmotic

INTRODUÇÃO Você sabia que dá para tomar café por osmose? Fique tranquilo, isso não é ilusão, Osmotic é uma técnica que potencializa o sabor do seu café e quando bem aplicada, faz aquela porção de 10g de café que sobrou, render uma boa xícara para você e seu amigo....

Descubra qual é a melhor água para fazer café

Descubra qual é a melhor água para fazer café

INTRODUÇÃOFazer café com a água da poça a gente já sabe que não dá certo, né!? Brincadeiras a parte, será que qualquer água faz uma boa dupla com o café? Hoje te mostraremos algumas dicas super práticas e simples para fazer o casamento perfeito das duas bebidas mais...

5 Coisas que Você Precisa Saber Sobre Café e Atividade Física

5 Coisas que Você Precisa Saber Sobre Café e Atividade Física

INTRODUÇÃO Primeiramente, o café é uma bebida muito amada ao redor do mundo e vai muito além do simples prazer de tomar uma xícara quente pela manhã. Hoje, vamos explorar a fascinante relação entre café e atividade física, desvendando os pontos-chave, discutindo e...

QUER MAIS?

Todo cafezeiro quer sempre aprender mais! Então fizemos muito conteúdo para você aproveitar! É só pesquisar abaixo:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×