Frete grátis para compras acima de R$169 para sudeste e R$299 para todo o Brasil!

Como fazer um cardápio que vende mais

O cardápio é um dos segredos para alavancar as vendas da sua cafeteria! Para desvendá-lo de uma vez por todas, clique aqui!

INTRODUÇÃO

O cardápio é uma carta e, assim como todas as cartas têm um objetivo, o cardápio da sua cafeteria precisa ser bem claro. Então, qual é o objetivo do seu? Mostrar preços ou vender? Enfrentar ou auxiliar o cliente? Confundir ou informar? Hoje trazemos dicas práticas e mostramos como é feito o nosso cardápio para te ajudar nessa tarefa!

Nesse sentido, de nada adianta seu cardápio ser cheio de informações sem o propósito principal: vender os produtos da sua cafeteria. Agora, imagine que seu cliente chegue em sua cafeteria, veja o cardápio e se sinta atraído a degustar cada uma das opções. Um dos segredos para alavancar suas vendas está aqui! Para desvendá-los, continue lendo!

Falha comum em cardápio de cafeteria

você já cometeu esse erro?

Anteriormente, falamos sobre a importância do cardápio no plano de negócio da sua cafeteria, porém, hoje queremos te mostrar que não basta produzir um cardápio de qualquer maneira. Ele precisa ter uma linguagem clara e simplificada para, assim, usá-lo ao seu favor na venda dos produtos da sua loja.

Nesse sentido, a ordenação do cardápio é o primeiro ponto em que você precisa pensar, ou seja, a ordem em que você coloca os produtos e categorias conta muito. Então, procure construir um cardápio que vá de encontro à necessidade do seu cliente.

Em um cardápio de restaurantes, por exemplo, a ordenação do cardápio é feito dessa forma:

Se a ordenação dos produtos oferecidos no cardápio precisa fazer sentido com a necessidade do cliente e do negócio, pensando agora no cenário de cafeterias, o raciocínio é um pouco diferente da forma que acontece nos restaurantes. Veja como você precisa pensar:

  • Primeiro, os cafés (perfis que você disponibiliza);
  • Depois, os métodos de preparo (clever, chemex V-60, espresso, prensa francesa, etc…);
  • As opções de café puro;
  • Em seguida, opções de drinks com café. Normalmente, os alcoólicos ficam por último;
  • Por fim, são oferecidos os sucos, lanches e outros produtos que não compõem café.

Atualmente, uma das maiores deficiências das cafeterias, é que os cardápios não são explicativos. Por exemplo: a opção de extração do café feito na Aeropress, um método de preparo fantástico, porém, quase ninguém conhece. Então, porque o cliente vai pedir se ele nem sabe o que é?

Nessa perspectiva, lembre-se que nem todos os seus clientes são especialistas em café e como você e seus colaboradores. Aliás, se a sua cafeteria estiver em um dia de muito movimento, você ou seu barista não terá tempo de explicar para o cliente como o método funciona.

Agora, se o cardápio é auto-explicativo, feito com palavras simples, de fácil compreensão do público, você conseguirá comunicar o que está sendo oferecido. Assim, minimizará o problema gerado pela ausência de informações e seu cliente vai compreender o que está pedindo.

Além disso, você ainda corre um grande risco (até rimou para não esquecer). Se você ou seu colaborador não tem tanta confiança para explicar para o cliente algum método de preparo de café disponível em seu cardápio, pode ser que a venda não seja efetivada. Então, você chegará a conclusão que aquele método é legal, mas não vende, quando, na verdade, o problema está no seu cardápio e na sua equipe despreparada.

Faça essa reflexão: meu cardápio é auto-explicativo? Minha equipe está preparada para atender a necessidade do meu cliente caso ele tenha alguma dúvida naquilo que está sendo oferecido? Caso a resposta para essas perguntas seja negativa, nós podemos te ajudar. Em outras palavras, temos cursos e treinamentos disponíveis aqui em nosso site que vão preparar sua equipe e alavancar as vendas do seu negócio. Saiba mais!

Todos os métodos de preparo são rendáveis! Afinal, eles promovem experiências diferenciadas aos seus clientes dentro da sua cafeteria e isso gera fidelização. Portanto, pense na clareza da comunicação do seu cardápio, ou seja, você até pode até colocar a funcionalidade do método descrita, mas lembre-se de pensar como o cliente que não é especialista em cafés especiais.

Primeiro passo para montar um cardápio que vende mais

pense como o cliente
Geralmente, o cliente sempre procura entender qual é o benefício de adquirir determinado produto ou serviço. Com os produtos oferecidos em seu cardápio não é diferente. Ele não quer saber da técnica, porque isso não faz tanto sentido para ele, mas o que ele ganhará escolhendo aquilo, efetivará a venda. Pense nisso!

Por fim, a dica é: quando o assunto é apresentação de métodos de preparo, escreva de forma simplificada a funcionalidade (parte técnica) e apresente ao cliente o que ele receberá escolhendo essa opção (experiência sensorial). Veja um exemplo ideal:

  • Aeropress: Simplesmente sensacional! Um equipamento de pressão manual, inspirado em uma grande seringa. Traz um resultado na xícara de doçura intensa e rica em atribuições, ou seja, além da doçura, intensificará outras características presentes no café.

Em seguida, procure colocar os tipos de cafés disponíveis para o método, como: Bourbon Amarelo, Frutado, Moca, Descafeinado, etc… Assim, facilitará a vida do seu cliente para escolher.

Variedade de métodos de preparo para cafeterias

Como vender mais café espresso através do cardápio

aprenda mais

Atualmente, cafeterias não sabem como vender café espresso em seu cardápio. Em outras palavras, essa opção vem descrita no cardápio apenas como: café espresso. Porém, não podemos esquecer que no mercado existe espresso curto, longo, duplo, carioca, etc… Aprenda mais sobre café espresso clicando aqui!

Aqui, na cafeteria Unique Cafés, desenvolvemos um desenho de uma xícara que mostra a diferença entre eles e facilita o entendimento. Confira:

Venda mais café espresso em sua cafeteria

Cardápio como ferramenta defesa

escudo para a cafeteria e o cliente

Além de tudo isso que já falamos anteriormente, o cardápio também é uma ferramenta de defesa para sua cafeteria e seus clientes. Nesse sentido, o cliente com intolerância à lactose, por exemplo, terá a oportunidade de analisar os ingredientes antes de escolher e consumir determinado produto. Portanto, de forma simplificada, tenha em mente que você precisa informar os ingredientes usados nas receitas do cardápio. Principalmente alimentos alergênicos!

Atualmente, o mercado gastronômico desenvolveu uma estratégia incrível aplicadas em cardápios que vendem mais. A estratégia foca em especificar os ingredientes por uma questão alérgica dos clientes, porém, destacando experiências sensoriais que o cliente terá ao escolher determinada opção.

Para vender de forma segura, seu cardápio precisa ter o equilíbrio de informar a sensação que o cliente terá ao consumir e os ingredientes de forma simplificada para os alérgicos. Por exemplo: se um cliente alérgico à canela escolheu um drink com canela na receita e o ingrediente estava descrito no cardápio, a responsabilidade é do próprio cliente. Em contrapartida, se essa informação não consta no cardápio, a culpa é sua por não ter informado ao cliente.

Experimentando o melhor café do cardápio de cafeteria

Como vender variedades de cafés no cardápio da cafeteria

dicas especiais para vender mais

Se a sua cafeteria, como a Unique, trabalha com variedades de cafés, a dica é: introduza os cafés no cardápio da sua cafeteria explicando as diferenças entre elas. Lembrando sempre de destacar a sensação que seu cliente terá ao provar cada café.

Atualmente, está em alta outra forma de comunicar a opção dessas variedades em cafeterias. A utilização da lousa como ferramenta para promover e especificar as características de algum café ou determinado produto exclusivo pode ser uma opção atrativa para os clientes da sua cafeteria.

Além disso, você também pode trabalhar cartas extras para testar novos produtos. Assim, mediante a aceitação do produto que você colocou em teste, poderá estudar a introdução dele em seu cardápio oficial.

Analise a efetividade do seu cardápio

e faça aulas de sanfona

Segundo nosso barista, Gabriel Guimarães, o cardápio de uma cafeteria é comparado a uma sanfona (não é maluquice, vai fazer sentido). Em determinado momento em que o cardápio está enxuto (pense em uma sanfona fechada), se você não expandir (abrir a sanfona) e acrescentar novos produtos, o faturamento vai paralisar, ou seja, vai parar de vender (sem abrir a sanfona, não faz barulho).

Dessa mesma forma, se você expandir demais, acrescentando muitos produtos, o faturamento desestabilizará. Então, esse é o momento de “fechar a sanfona”, aos poucos, estudando a seleção de produtos que gera, de fato, rentabilidade e aceitação do seu público. Depois disso, você encontrará um certo equilíbrio para focar nas inovações e curtir a harmonia da música. Sacou?

Concluindo, analise se seu cardápio está no padrão das demais cafeterias. Principalmente se você estiver começando agora, procure referências, visite outras cafeterias. Assim, você conseguirá enxergar com mais clareza o que é essa comunicação simplificada, que vende mais, estampada em cardápios de cafeterias.

Ah! Você pode aprender mais sobre esse assunto e diversos conteúdos exclusivos em nosso curso Gestão de Cafeterias. Clique aqui para saber mais!

Onde encontrar cafés de qualidade?

Desvantagens da franquia de cafeteria

Gabriel Guimarães

Iniciou no universo dos cafés ao conhecer Hélcio Júnior, diretor da Unique Cafés, que o convidou para se tornar barista ao perceber a facilidade em comunição e paixão, ao ser atendido por ele em um bar onde o mesmo atuava como bartender.

Curso Cafezeiro Grátis

Aprenda tudo sobre cafés neste curso exclusivo!

Compartilhe com os amigos cafezeiros!

MAIS CONTEÚDO

Como se tornar um barista de cafeteria

Como se tornar um barista de cafeteria

INTRODUÇÃO Inicialmente, é natural que, a partir do primeiro contato com os cafés especiais, você se sinta instigado a conhecer mais dessa bebida tão exótica. Tanto que, geralmente, essa paixão tende a evoluir cada vez mais e algumas pessoas ultrapassam a categoria de...

Franquia de cafeteria ou cafeteria própria: qual vale mais à pena?

Franquia de cafeteria ou cafeteria própria: qual vale mais à pena?

INTRODUÇÃO Está ansioso para empreender no universo dos cafés abrindo sua cafeteria, mas ficou na dúvida: abrir uma franquia de cafeteria ou uma própria? Então, essa é a sua luz no fim do túnel! Um compilado de dicas práticas, vantagens e desvantagens de cada modelo...

Dicas para uma liderança de sucesso

Dicas para uma liderança de sucesso

INTRODUÇÃO Se você é líder de uma equipe, seja na cafeteria ou em qualquer outro campo de atuação, este conteúdo foi feito para você! Você está prestes a acessar um guia prático que mostra o que é necessário para ser um líder de sucesso! Para que a sua cafeteria...

QUER MAIS?

Todo cafezeiro quer sempre aprender mais! Então fizemos muito conteúdo para você aproveitar! É só pesquisar abaixo:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0
    0
    Carrinho
    Carrinho vazioRetornar à loja
    Conversar
    Oi, precisa de uma mãozinha?

    ×