07 Curiosidades sobre o café Jacu - Unique Cafés

07 Curiosidades sobre o café Jacu

Já ouviu falar sobre o café Jacu? Considerado um dos cafés mais exóticos do mundo, essas são as curiosidades mais inusitadas sobre ele.

INTRODUÇÃO

Você já ouviu falar do café Jacu? A história é um tanto quanto curiosa e, para quem ouve pela primeira vez, parece abominável. Afinal, o que esperar de um café colhido a partir das fezes de um animal? A resposta é simples: espere um café exótico de sabor único, uma verdadeira raridade.

 

 

 

 

Entendendo o que é o café Jacu?

saiba como funciona o processo do café Jacu

O café do Jacu, também chamado de cafezes, é colhido a partir das fezes do Jacu, uma ave silvestre encontrada nas florestas próximas aos cafezais na América Central e América do Sul.

Basicamente, a ave ingere os frutos do café digerindo apenas a polpa e a casca, deixando intacto o grão (semente) do café, que será higienizado, torrado e comercializado. Para entender de forma detalhada o processo de colheita do café do Jacu, fizemos um artigo aqui no blog contando as verdades sobre os cafés exóticos colhidos a partir de fezes de animais. Acredite, não é só o café do Jacu que existe no mundo.

Agora, confira as 7 curiosidades sobre o café do Jacu, um dos cafés mais exóticos do mundo, e descubra por que ele é tão especial!

 

 

 

 

01 – Nenhum produtor de café cria o Jacu em cativeiro

Antes de mais nada, é importante você saber que nenhum produtor de café mantém a ave em cativeiro para obter esse tipo de café. O café do Jacu vem de aves silvestres, ou seja, são originárias da natureza e não adaptadas ao convívio.

Mais um motivo para os produtores deixarem o Jacu livre na natureza será explicado no próximo item, confira!

Ave Jacu no cafezal
 

 

 

 

02 – A ave só se alimenta de frutos maduros

Com essa informação já podemos dar o título de melhor produtor de café do ano para o Jacu. Por natureza, a ave tem o hábito de comer os melhores frutos do cafeeiro, aqueles sem defeitos e completamente maduros. Sabe o que isso significa? Que até o Jacu sabe o que é café de verdade e, por vezes, você ainda consome “café” convencional de mercado!

Nesse sentido, vale a pena lembrar que, para ser considerado café especial, o fruto precisa ser colhido maduro. Só assim ele é processado e comercializado. Esse hábito alimentar do Jacu aponta ao produtor que todos aqueles grãos de café tem qualidade, ou seja, deixar o Jacu livre na fazenda garante uma “colheita” no tempo certo e que o café do Jacu terá alta qualidade.

Mão segurando frutos de cafés maduros
 

 

 

 

03 – O sistema digestivo do Jacu

Após se alimentar do fruto do café, o sistema digestivo do Jacu só processa a polpa e a casca do fruto, assim, o grão (semente) de café é expelido totalmente intacto. Essa separação melhora as características sensoriais do grão de café através da fermentação natural da digestão e proporciona notas que tornam a bebida exótica.

 

 

 

 

04 – Os cafés são colhidos das árvores em que as aves dormem

Será que a colheita desse café dá trabalho? Os trabalhadores precisam ficar olhando para o céu e desbravar as florestas para consegui colher esses grãos exóticos? Claro que não!

Neste caso, alguns produtores orientam os catadores a colher durante a safra, separando da colheita convencional, quando encontram as fezes no pé dos arbustos de café. Já outros limpam as áreas onde percebem a presença da ave, como debaixo das árvores que elas dormem.

Café Jacu in natura

 

 

 

 

05 – O Jacu tem os “cafezes” mais rápidos

Esclarecendo um pouco mais a curiosidade anterior, o sistema digestivo do Jacu é mais rápido, por isso, é fácil colher os grãos de café na lavoura ou perto da árvore que eles costumam ficar. Não somente é rápido, como é o mais rápido dentre os animais que também possuem cafés retirados de suas fezes.

Em comparação, no café Black Ivory os elefantes processam os grãos durante 70 horas antes de expeli-los. O Jacu não é somente o melhor produtor de cafés, mas também é o mais rápido.

 

 

 

 

06 – Café Jacu não é um café sujo ou de baixa qualidade

Não se assuste quando ler em um rótulo de café que a colheita foi feita a partir das fezes de algum animal como o Jacu, Kopi Luwak ou elefante. Afinal, isso não significa que o café é de baixa qualidade e muito menos que é sujo.

Em todos esses cafés, os frutos são ingeridos por animais com dieta herbívora e as reações naturais que acontecem não são maléficas para a saúde. Os grãos são higienizados e a alta temperatura da torra também garante essa segurança alimentar.

Mãos segurando café in natura
 

 

 

 

07 – Quando custa o café do Jacu

Geralmente, cafés colhidos a partir das fezes de animais são exóticos e considerados os mais caros do mercado. Nesse sentido, um quilo de café Jacu já chegou a custar US$1.150.

Obviamente estamos falando de forma global. Caso você ainda não tenha tido a oportunidade de tomar um café exótico como este, essa é sua chance! Em nossa linha de cafés Raridades, o Di Pássaro é colhido a partir das fezes do Jacu e fica disponível apenas 1 vez ao ano. Aproveite enquanto ainda temos pacotes disponíveis.

Por fim, prepare-se para sentir o aroma frutado, notas de amora, morango e cereja. Doçura intensa, acidez cítrica, corpo cremoso e finalização doce. Aproveite!

Di Pássaro – Ed. Raridade 150g

Di Pássaro é um dos cafés mais raros e exóticos do mundo, pois seu processo é diferente dos convencionais: os grãos são colhidos das fezes de um pássaro chamado Jacu, que come os melhores frutos do cafeeiro, aqueles sem defeitos e completamente maduros. Este café é originário de aves silvestres da Serra da Mantiqueira de Minas.

OBS: Disponível somente torrado em grãos.

Onde encontrar cafés de qualidade?

Idealizado por Gabriel Guimarães

Gabriel Guimarães

Iniciou no universo dos cafés ao conhecer Hélcio Júnior, diretor da Unique Cafés, que o convidou para se tornar barista ao perceber a facilidade em comunição e paixão, ao ser atendido por ele em um bar onde o mesmo atuava como bartender.

Cursos & Treinamentos

Curso Cafezeiro Grátis

Aprenda tudo sobre cafés neste curso exclusivo!

Compartilhe com os amigos cafezeiros!

MAIS CONTEÚDO

Gaste Menos Café com a Técnica Osmotic

Gaste Menos Café com a Técnica Osmotic

INTRODUÇÃO Você sabia que dá para tomar café por osmose? Fique tranquilo, isso não é ilusão, Osmotic é uma técnica que potencializa o sabor do seu café e quando bem aplicada, faz aquela porção de 10g de café que sobrou, render uma boa xícara para você e seu amigo....

Descubra qual é a melhor água para fazer café

Descubra qual é a melhor água para fazer café

INTRODUÇÃOFazer café com a água da poça a gente já sabe que não dá certo, né!? Brincadeiras a parte, será que qualquer água faz uma boa dupla com o café? Hoje te mostraremos algumas dicas super práticas e simples para fazer o casamento perfeito das duas bebidas mais...

5 Coisas que Você Precisa Saber Sobre Café e Atividade Física

5 Coisas que Você Precisa Saber Sobre Café e Atividade Física

INTRODUÇÃO Primeiramente, o café é uma bebida muito amada ao redor do mundo e vai muito além do simples prazer de tomar uma xícara quente pela manhã. Hoje, vamos explorar a fascinante relação entre café e atividade física, desvendando os pontos-chave, discutindo e...

QUER MAIS?

Todo cafezeiro quer sempre aprender mais! Então fizemos muito conteúdo para você aproveitar! É só pesquisar abaixo:

1 Comentário

  1. Deixe um comentário sobre onde são colhidos os Jacufezes. Por exemplo, interior do estado do ES…

    ….
    …..
    ….

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×