Frete grátis para compras acima de R$169 para sudeste e R$299 para todo o Brasil!

Faça espresso na cafeteira italiana

Ainda não sabe como fazer café espresso na cafeteira italiana? É o método fácil e rápido de apreciar um bom café sem precisar de máquina!

INTRODUÇÃO

E aí, cafezeiro, você sabe como fazer um espresso na cafeteira italiana? O café espresso está no topo da lista de muitos apaixonados por café. Ele é capaz de conquistar paladares com os sabores mais intensos que o fruto do café pode proporcionar. Portanto, chegou a hora de você conhecer mais um método rápido de apreciar um bom café espresso sem precisar da máquina doméstica ou profissional.

Nesse caso, tudo o que você precisa é uma cafeteira italiana. As máquinas de espresso acabam sendo muito caras, mesmo as que são domésticas. Então, preparamos um guia prático para você aprender a fazer essa bruxaria. É possível preparar um bom café espresso na cafeteira italiana. Além disso, é mais econômico.

Você até pode achar que sabe tudo sobre café espresso, mas saiba que essa maravilha é um verdadeiro universo. Então, bora aprender mais?

Qual é a diferença de fazer um café espresso na cafeteira italiana?

 

Primeiramente, a cafeteira italiana tem um sistema de caldeira e exige do calor para gerar a pressão para, assim, ser feita a extração. Em outras palavras, nós induzimos o calor e o vapor gera a pressão que passará pelo café.

Já a máquina de espresso, profissional ou doméstica, conta com o auxílio de uma bomba para gerar essa pressão, ou seja, a bomba capta a água quente dentro do mecanismo da máquina e “força” que ela saia, isso tudo de forma automática. Mas será que é só isso a diferença entre esses métodos?

Basicamente, a diferença entre eles é que, na máquina de espresso, obtemos constância no preparo do café, o que padroniza não só a pressão, mas também a temperatura, ou seja, a máquina já está programada para fazer determinada força e manter determinada temperatura do início ao fim da extração do café. Como resultado, você terá um padrão sensorial mais definido.

Além disso, na máquina de espresso você tem a vantagem de extrair o café direto na xícara, então a crema do café espresso ficará mais visível, mais consistente. Em outras palavras, mais perceptível a olho nu.

Em contrapartida, na cafeteira italiana você não terá a consistência de temperatura nem de pressão. Afinal, quem estará induzindo a pressão é a temperatura do fogão e, conforme o vapor é criado dentro da cafeteira o café é feito. Portanto, devido essas limitações, a pressão pode oscilar.

Nesse sentido, você só conseguirá observar o creme no primeiro momento, ou seja, quando estiver no início da extração dentro da cafeteira. Porém, quando a crema entra em contato com a superfície de metal, sendo maior a oxigenação desse espaço, e a alta temperatura do equipamento, faz com que se dissipe muito rapidamente.

Então, lembre- se que, quando você transferir sua bebida para xícara, provavelmente a crema do espresso terá desaparecido. Observe a diferença de um café espresso extraído na cafeteira italiana e outro na máquina de espresso:

Diferenças da crema do café espresso

Eu sei que você lembrou da regrinha de que café espresso precisa ter crema evidente, mas ainda assim, preparar o café espresso na cafeteira italiana não é uma má ideia. A intensidade de sabor vai ficar muito similar ao café extraído da máquina profissional de uma cafeteria.

No vídeo onde mostramos as funcionalidades da cafeteira italiana, ensinamos como fazer uma extração livre de amargor, menos intensa e mais aceitável ao paladar comum (clique aqui para relembrar). Afinal, não é todo mundo que está acostumado a tomar café espresso, principalmente se você está começando o hábito a tomar café especial recentemente. O preparo de cafés mais leves acaba sendo mais fácil de entender a qualidade dele, neste caso.

Só que para este assunto que estamos falando, a pegada já é outra. Você sabe como podemos interferir para ocasionar uma extração de espresso na cafeteira italiana?

Lembre-se, não é um método que te garante constância e padrão, em relação a uma máquina de espresso. Essa receita pode ser uma boa ideia para você que nunca tomou café espresso na vida e está aí com sua cafeteira italiana guardada no armário. O método te faz alcançar na textura e sabor muito semelhante ao café espresso da cafeteria.

Inclusive, fizemos um teste de servir a extração de café espresso na cafeteira italiana para toda equipe envolvida na produção dos vídeos do nosso canal do YouTube. Todos se surpreenderam com o resultado dessa receita, só falta você para provar! Finalmente, junte os ingredientes e siga o passo a passo.

Passo 1

Primeiro, moa o café na hora. Essa etapa é muito importante para a percepção de sabor, consistência da crema, etc…

Dica 1: para essa receita, evite o café já moído, porque pode ser que seu café já tenha oxidado e como a extração de espresso intensifica características sensoriais, pode ser que gere sabores desagradáveis. Entenda mais sobre conservação do café!

Dica 2: utilize uma moagem bem fina. Caso você precise de ajuda nesse processo, clique aqui para descobrir os tipos de moagem e como utilizá-las.

Passo 2

Em seguida, coloque água no compartimento da cafeteira. Nessa etapa vamos utilizar pouca água, ok?

O ideal é que você utilize uma proporção de 5:1. Por exemplo: se você for filtrar dois cafés espressos de 40ml, você vai utilizar 100g de água + 20g de café. Visto que você perderá mais ou menos 20g de água retida no café, restando 80ml que serão extraídos na sua xícara. Para aprender mais sobre proporções clique aqui.

.

Passo 3

Agora, encaixe o sifão sob o compartimento que você colocou a água, ou seja, o filtro da cafeteira e prepare-se para acrescentar o café moído.

Passo 4

Acrescente o café moído sob o filtro.

Dica: compacte bem o pó com o auxílio de uma colher e pressione-o bem. Afinal, se você deixá-lo macio, sem pressão, quando o vapor impulsionar a água ela encontrará um “caminho mais fácil“. Por isso, pressionando o café assim, você garante a intensidade da bebida através dessa pressão. A ideia é seguir o mesmo raciocínio da máquina de espresso da cafeteria.

Passo 5

Em seguida, feche sua cafeteira italiana e leve para o fogo. Deixe a tampa aberta e acompanhe até o momento que a extração começar a acontecer.

Observe que em relação ao método comum da cafeteira, tem muito mais cremosidade. Lembrando que você conseguirá visualizar o dióxido de carbono que é obtido no processo de torra, que normalmente vira a crema do espresso,  neste momento. Porém, como o espaço que recebe a extração da cafeteira italiana é maior que a xícara, e a temperatura do equipamento está mais alta, a crema se dissipa mais rapidamente.

Está pronto!

Finalmente, terminando a extração, sirva em na xícara de sua preferência.

Note que apesar da ausência da crema devido aos fatores que mostramos anteriormente, a cor do café é bem intensa e similar ao café espresso da máquina da cafeteria.

 

Como fica o sabor do café espresso

feito na cafeteira italiana

 

Antes de mais nada, é importante você lembrar que a bebida fica com o sabor similar à extração feita na máquina de espresso profissional ou doméstica. Então, obviamente temos resultados diferentes, mas bem parecidos. Para essa receita, utilizamos o café Blend que traz notas de caramelo e chocolate meio amargo, o café ideal para extração de espresso. Então, o método naturalmente intensifica essas características.

Também vale ressaltar que o sistema de filtragem da cafeteira italiana pode ocasionar a passagem de micro-resíduos do café (pó bem fininho). Portanto, pode ser que você tomou o café e teve essa sensação isso é normal. Caso você perceba em excesso, pode ser que tenha resíduos de outros preparos dentro da sua cafeteira.

Agora, se o sabor desse método de preparo não te agradou, ou aquele seu amigo convidado para tomar um café aí na sua casa, disse que o café espresso feito na cafeteira italiana não tem nada a ver com espresso, uma dica fantástica é acrescentar leite cremoso na bebida e fazer um cappuccino. Pode ser uma nova percepção do resultado da receita!

Qual é a melhor cafeteira italiana

para preparo de espresso?

 

Pensando nessa ideia de fazer café espresso na cafeteira italiana, uma das principais marcas desse equipamento no mundo, a Bialetti, desenvolveu uma solução para facilitar o processo aí em sua casa. Já ouviu falar da Bialetti Mini Express?

Esse equipamento tem um sistema de filtragem igual o da cafeteira italiana, porém, permite que a extração do café espresso seja feita diretamente na xícara, preservando a crema que tanto falamos no início.

A cafeteira é uma solução de custo benefício para você que gosta de café espresso mais ainda não pode investir em uma máquina profissional. Então, clique aqui para saber mais e adquirir a sua!

Diferenças da crema do café espresso

melhor café para extração

de espresso na cafeteira italiana

Blend

Ideal para quem busca o equilíbrio perfeito. Um blend do Unique Frutado com o Bourbon Amarelo, um café natural com um cereja descascado. De aroma intenso e sabor doce (notas de caramelo), com torra cor chocolate ao leite.

Cafeteira Italiana

A cafeteira italiana está entre as favoritas dos fazedores de cafés em casa. O equipamento se popularizou por sua praticidade, custo benefício, resistência, design retrô e ótimo resultado na xícara.

Gabriel Guimarães

Iniciou no universo dos cafés ao conhecer Hélcio Júnior, diretor da Unique Cafés, que o convidou para se tornar barista ao perceber a facilidade em comunição e paixão, ao ser atendido por ele em um bar onde o mesmo atuava como bartender.

Curso Cafezeiro Grátis

Aprenda tudo sobre cafés neste curso exclusivo!

Compartilhe com os amigos cafezeiros!

MAIS CONTEÚDO

Como avaliar a qualidade da crema de café espresso

Como avaliar a qualidade da crema de café espresso

INTRODUÇÃO Quem vê cara, não vê coração, mas quem vê a crema de espresso, já sabe da qualidade! Se você é fã do café espresso, provavelmente já ouviu falar sobre isso. Hoje te mostraremos quais problemas podemos identificar através da crema do espresso e quais são as...

Como fazer café espresso evitando 07 erros imperdoáveis

Como fazer café espresso evitando 07 erros imperdoáveis

INTRODUÇÃO O sabor cítrico com notas de chocolate e caramelo são possíveis de serem percebidos em cafés especiais (alta qualidade). Nesse sentido, o café espresso é conhecido por ser um potencializador de sabores. Imagina a riqueza de experiências que você pode...

Posso mexer o café filtrado?

Posso mexer o café filtrado?

INTRODUÇÃO Antes de tudo, é importante relembrarmos que cada etapa do preparo de um café interfere diretamente no resultado da bebida. Em outras palavras, isso significa que a maneira como você filtra o café (a moagem que você utiliza e as técnicas) influenciará no...

QUER MAIS?

Todo cafezeiro quer sempre aprender mais! Então fizemos muito conteúdo para você aproveitar! É só pesquisar abaixo:

1 Comentário

  1. Muito boa a explicação

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0
    0
    Carrinho
    Carrinho vazioRetornar à loja
    Conversar
    Oi, precisa de uma mãozinha?

    ×