Frete grátis para compras acima de R$120 para sudeste e R$299 para todo o Brasil!

Tudo sobre moagem do café

história ▹ como usar ▹ dicas de preparo ▹ curiosidades
Aprender

INTRODUÇÃO

Talvez você não faça ideia disso, mas a moagem do café é muito importante para que você consiga ter uma experiência sensorial completa, ou seja, ela influencia diretamente o sabor da sua bebida. Afinal, o processo de infusão do café é o resultado da interação da água com o café moído e a partir da extração obtemos as notas de caramelo, chocolate, laranja, entre outras.

Depois, com mais calma, você pode saber mais sobre notas sensoriais clicando aqui. Agora, vamos falar da moagem do café!

Sabe aquele método de preparo que você é fã e não vive sem? Descubra quais tipos de moagem existem e como aplicar cada uma delas no seu método favorito e nos outros também. Sabe aquela cafeteira de casamento que você ganhou e não sabe a moagem que deve usar? Quando olha pra xícara você vê micropós boiando? Leu um manual que diz “moagem nº 05”, mas não sabe bulhufas do que é isso? Então, acontece que moagem não é tudo igual e para cada método de preparo tem uma ideal! Deu até rima, né!?

Finalmente, para desmistificar e simplificar essas indicações de moagem que geralmente acompanham as receitas e manuais da bebida mais fantástica, nosso barista Gabriel preparou várias dicas especiais para você.

Bora aprender? Definitivamente, antes de preparar seu café hoje, leia este artigo até o final e assista ao vídeo. Você precisa saber disso!

Quais tipos de moagem de café existem?

aprenda a linguagem dos baristas

Primeiramente, entenda que a moagem também é uma experiência sensorial. Afinal, nesse universo cafezeiro, o sensorial não é só aquilo que seu paladar prova e sente o sabor, mas também o tato capaz de sentir a espessura da moagem perfeita do seu café.

Nesse sentido, os baristas têm uma linguagem quem você já deve ter ouvido em cafeterias ou escrito em alguma receita de método de preparo de café por aí. Por exemplo: “a moagem indicada para tal método é a nº 10“. Você sabe o que isso significa?

Veja bem! Para entender essa linguagem do barista, vamos te mostrar a espessura de três tipos de moagem do café de uma forma bem simples. Assim, você terá uma noção do que os baristas estão falando, associando a espessura de cada moagem às coisas que você já conhece.

Moagem nº 1

Primeiro passo para fazer caipirinha com caféEssa é a moagem mais fina, semelhante à farinha de trigo. Tanto que, se você tocar os dedos no pó de café, facilmente grudará em suas mãos.

Moagem nº 5

Primeiro passo para fazer caipirinha com caféEm seguida, temos uma moagem intermediária. Ela tem a espessura de um açúcar cristal. 

Moagem nº 10

Primeiro passo para fazer caipirinha com caféPor fim, você conhece a canjiquinha, aquele milho triturado? Essa é exatamente a associação que você precisa imaginar para entender a espessura dessa moagem do café.

Puxa, simplificou mesmo, né? Calma que tem mais!

Como aplicar os tipos de moagem do café

saber disso fará total diferença na sua bebida

Que tal aprender qual é a moagem ideal para o seu método de preparo favorito? Sua experiência de sabor ficará ainda mais intensa quando descobrir que a moagem utilizada no seu café espresso, prensa francesa, V60 e outros, é realmente a ideal. Assim, ressaltará cada característica em potencial do café escolhido. Se liga!

Atualmente, temos 4 formas de preparar o café. São elas: Pressão Automática, Pressão Manual, Saturação e Infusão. Para cada uma dessas formas é recomendado um tipo de moagem. Veja com mais detalhes:

Infusão
Neste caso, o café precisa ficar um período em contato com a água quente – em infusão. Portanto, a moagem precisa ser mais grossa, de 5 a 10. Isso porque quando a moagem é mais grossa, é menos vulnerável à extração, visto que o café precisa de um tempo a mais em contato com a água.

Exemplos: Prensa Francesa e Soft Brew.

Saturação/Percolação
Essa forma acontece todas as vezes que você coloca o café em um recipiente, joga água em cima e o café extraído embaixo. Neste caso, se a moagem do café for muito grossa, a água passará muito rápido, impedindo de fazer uma boa extração. Em contrapartida, se a moagem do café tiver a espessura muito fina irá limitar a passagem de água. Portanto, o ideal para que você controle melhor essa saída de água é utilizar uma moagem intermediária, ou seja, média: de 4 a 6.

Exemplo: Coador de pano ou papel.

Pressão Automática
Normalmente, acontece quando o café é extraído nas máquinas de espresso em geral. Em outras palavras, nesse tipo de equipamento, é utilizada a moagem média para fina: 1 a 5. Isso porque a máquina de espresso faz uma extração muito rápida. Então, se o café estiver muito grosso a água passará com muita facilidade, se estiver intermediária pode ser que não atinja a extração necessária. O ideal é que se caminhe para uma moagem mais fina, extraindo assim, o sabor que aquele determinado café tem para oferecer.

Pressão Manual
Existem algumas cafeteiras que precisam da sua força para preparar o café. Neste caso, é importante você entender a funcionalidade do equipamento e tentar trabalhar a moagem de acordo com ela. No geral, a moagem fica entre os pontos média fina e média grossa, de 4 a 6.

Exemplo: Aeropress.

Fala aí cafezeiro, você quer saber a moagem de café perfeita para o seu método de preparo favorito? Nós temos uma lista de tutoriais ensinando como replicar diversos métodos, com dicas especiais do barista e a indicação da moagem ideal para cada um deles. Neste caso é só você clicar aqui e escolher qual você quer preparar!

Será que moer café na hora influencia minha bebida?

eleve sua experiência sensorial de sabor 

Moer ou não moer, eis a questão… Agora, vamos te contar por que você deveria moer seu café no momento do preparo. Afinal, a arte prazerosa de preparar um bom café requer alguns cuidados. Esse é um dos pontos que diferenciam absurdamente um café especial dos tradicionais e extrafortes do mercado. Veja só!

Considerando que o café era cru e passou pelo processo de torra antes de estar pronto para consumo, é importante você saber: a partir do momento que ele passa por esse processo é determinada a data de fabricação e, consequentemente, a data de validade também.

Tecnicamente, quando o café está em grão você consegue preservar por mais tempo o frescor da torra. Afinal, o que faz o café deteriorar e perder o sabor é a oxidação. Então, imagine que enquanto ele está em grão, é como se fosse uma cápsula de proteção das propriedades sensoriais daquele determinado café e, quando você o tritura, é como se abrisse essa cápsula ao oxigênio. Depois disso, o sabor pode se perder com mais facilidade.

Portanto, depois que você terminar de ler esse artigo, pode aprender mais detalhes sobre o assunto clicando aqui!

Como acontece o processo de moagem?

conheça os tipos de moedores

Existem vários tipos de moedor de café no mercado, desde moedores profissionais até os mais simples, domésticos e de custo-benefício menor.

Nesse sentido, os moedores profissionais têm uma vantagem: você determina precisamente o tipo de moagem que deseja, coloca o grão de café e ele tritura automaticamente. Por outro lado, os moedores domésticos são bem acessíveis, a diferença é que alguns deles não tem referência do tipo de moagem. Neste caso, você precisa usar o tato para fazer associação de algo que você já conhece, como explicamos no início (a espessura da canjiquinha, açúcar, etc). A partir daí, você consegue atingir o tipo de moagem em que está buscando.

Ah! E caso você esteja moído de tanto procurar um moedor manual, você pode conferir um guia de compra completo clicando aqui. Você vai saber as diferenças entre eles, onde comprar moedor de café e ainda, de quebra, entender como cada um pode te ajudar a ter uma vida mais atlética!

Bônus: descubra a moagem conforme
a quantidade de café

dica prática e especial do barista

Agora que você já decorou a moagem certa pra cada tipo de método de preparo, esse é o plot twist que seu café esperava! Sim, acredite, a moagem sofre uma variação conforme a quantidade de café, ou seja, ela pode variar dentro do mesmo método de preparo.

Para entender mais sobre isso, dê um play nesse vídeo!

Ainda não tem um moedor de café em casa?

Melhores cafés para moer na hora e apreciar

Compartilhe com os amigos cafezeiros!

MAIS CONTEÚDO

Acidez do café: é bom ou ruim?

Acidez do café: é bom ou ruim?

INTRODUÇÃOJá viu um pessoal comentando sobre acidez do café e ficou na dúvida se isso é qualidade ou defeito? É por essa e outras questões polêmicas nesse universo cafezeiro que resolvemos trazer algumas explicações sobre o tema. A propósito, é impossível falarmos de...

Como armazenar café especial em casa

Como armazenar café especial em casa

INTRODUÇÃOVocê já gastou tempo e dinheiro escolhendo o melhor café, mas depois de alguns dias a bebida já não era a mesma coisa? Acredite, o segredo pode estar em como você armazena o café. Isso mesmo, existem alguns cuidados simples para manter a qualidade dessa...

O que é café especial?

O que é café especial?

INTRODUÇÃOFala cafezeiro, preparado para mais uma imersão nesse universo de cafés especiais? Antes de mais nada, em algum momento você já deve ter se perguntado: o que é café especial e café convencional do mercado, qual é a diferença entre eles? Será que é o mesmo...

QUER MAIS?

Todo cafezeiro quer sempre aprender mais! Então fizemos muito conteúdo para você aproveitar! É só pesquisar abaixo:

2 Comentários

  1. Gostaria de indicar a cefeteria que existe dentro da loja da Ofner em São Paulo, bairro do Socorro.

    Responder
    • Olá Alexandre, bom dia! Tudo bem? Claro, qual seria o nome? Pois procuraremos, para entrarmos em contato. Obrigada!

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0

×